Coordenadoria de Extensão

 

As atividades de extensão universitária são ações realizadas em um processo educativo, cultural e científico, articulado ao ensino e à pesquisa de forma indissociável, que viabiliza a relação transformadora entre a Universidade e a sociedade.

Elas estão distribuídas em 03 modalidades:

  1. Cursos de Extensão - são cursos temáticos de curta duração, ofertados à sociedade visando a difusão e atualização do conhecimento.
  2. Eventos de Extensão - os eventos de extensão poderão ser realizados sob a forma de mostras, encontros, simpósios, oficinas, congressos, colóquios, jornadas, conferências ou ciclos de conferências, seminários, fóruns, reuniões de trabalho, debates ou ciclo de debates, reuniões técnicas, concertos, festivais, manifestações artísticas, culturais ou esportivas, espetáculos, ateliês, exposições e similares, dirigidos à sociedade.
  3. Prestação de Serviços - a prestação de serviços deve ser de interesse acadêmico, científico, cultural, tecnológico, artístico ou esportivo, que produza conhecimentos visando à transformação social.

Nas modalidades, considerar-se-ão ações como:

  1. Coordenação ou participação em projetos de extensão;
  2. Organização ou participação em eventos técnico-científicos, culturais, artísticos, esportivos e outros que tenham como finalidade criar condições para que a sociedade tenha possibilidade de deles usufruir;
  3. Prestação de serviços à sociedade mediante atendimento direto ou indireto, tais como assessorias, consultorias e perícias.
  4. Coordenação, ministração ou participação em cursos de atualização científica, cultural, artística, esportivo e outros que possam constituir instrumentos para maior acesso ao conhecimento, realizada de forma presencial, semipresencial ou a distância;
  5. Organização, edição, revisão ou apresentação de resultados decorrentes das ações empreendidas para difusão e divulgação cultural, científica ou tecnológica;
  6. Participação em bancas de concurso ou de formação acadêmica;
  7. Revisão de artigos e livros.

Objetivo geral

As atividades de extensão visam a integração, divulgação e aplicação da produção de conhecimentos pela sociedade, que poderá ser realizada dentro da UFSC como fora dela, com a participação de qualquer servidor (deverá ter aprovação da sua unidade), porém prioritária dos alunos de graduação e pós-graduação.

Objetivos específicos

a) Otimizar as relações de intercâmbio entre a Universidade e a sociedade em relação aos objetivos da Instituição;
b) Propiciar mecanismos para que as pessoas e as instituições utilizem o conhecimento existente na realização de suas atividades;
c) Estimular a troca de saberes entre a Universidade e a sociedade;
d) Avaliar as contribuições da Universidade para o desenvolvimento da sociedade;
e) Facilitar e melhorar a articulação do ensino e da pesquisa com as necessidades da sociedade;
f) Preservar e proteger o conhecimento produzido pela sociedade.

Quem solicita a extensão.

As atividades de extensão poderão originar-se de quaisquer órgãos da Universidade ou solicitadas pela sociedade.

Registro e cancelamento da atividade de extensão.

Todas as atividades de extensão deverão ser registradas no Sistema de Registro de Ações de Extensão (SIRAEx) http://notes.ufsc.br/aplic/formext.nsf e aprovadas pelo colegiado do departamento de ensino ou equivalente ou pela autoridade responsável junto aos órgãos administrativos da Universidade. Casos em que a extensão não venha a realizar-se, o responsável deverá cancelar diretamente no formulário de tramitação e registro junto ao SIRAEx.

Convênios E Contratos

A cópia do convênio ou contrato deverá ser anexada a proposta de registro no SIRAEx  e apresentada ao departamento de ensino do coordenador.

 

Relatório final

O relatório final deverá ser feito no (SIRAEx) ao término da atividade, submetido à apreciação e aprovação do colegiado do departamento de ensino dos envolvidos, considerando.

  1. Os ganhos acadêmicos para a área específica dos docentes envolvidos;
  2. O envolvimento de alunos ou demais participantes;
  3. A produção científica;
  4. A frequência da realização das atividades previstas e o mérito destas.

Emissão de certificado

Aprovado o relatório final da atividade de extensão, o coordenador poderá solicitar ao Departamento de Projetos de Extensão, observadas as normas específicas, quando for o caso.

Avaliação

A avaliação das atividades de extensão poderá ser avocada pela Câmara de Extensão, a qualquer tempo, por decisão fundamentada.

 

Recursos financeiros – Remuneração e Recolhimentos

A remuneração do servidor estará vinculada a uma duração limitada (média anual a 20 horas semanais por docente) e a sua especialidade.

Importante: As atividades de extensão, quando remuneradas, não poderão ultrapassar, por docente em regime DE.

O recolhimento será feito por uma Fundação de Apoio da UFSC num total de 4,5% dos recursos financeiros vinculados as atividades de extensão, estes serão recolhidos da seguinte forma:

  • 1% - Á Unidade de origem do processo, a ser definido pelos respectivos Conselhos de Unidade;
  • 1% - Aos departamentos/setores envolvidos, a ser definido pelos respectivos colegiados;
  • 2,5% - Às atividades de extensão:
  1. 0,5 % – Para incrementar os Programas de Bolsas de Extensão;
  2. 0,5 % – Para incrementar os Programas de Bolsas de Monitoria e Estágio;
  3. 1% – Para o Fundo de Extensão – FUNEX, para incrementar projetos de extensão;
  4.  0,5 % – Para incrementar projetos de cultura gerenciados pela SeCArte.